O que visitar no Quênia e Tanzânia.

Print Friendly, PDF & Email

Não há no mundo outro continente como a África: berço da vida humana, aura de legendas, romance, culturas antigas, animais selvagens, territórios inexplorados.

SAFÁRI – Na linguagem simples do dialeto Kiswahili significa “jornada”. Mas na compreensão mundial evoca outras imagens – histórica e emocionante expedição, aventuras, adrenalina e etc… Durante toda a viagem, divide se  o espírito de aventuras e amizade com os demais participantes.

pontilhado

MIGRAÇÃO ANUAL DE ANIMAIS

É considerada a mais extraordinária manifestação espontânea e natural do planeta. São milhões de animais se movimentando e a exata localização por onde irão migrar, não pode ser garantida, porque eles se dirigem para os locais onde a chuva está caindo, o que lhes garantem pastagem fresca e farta. Mas normalmente o fenômeno acontece na forma abaixo:

Novembro a Abril/Maio – Os animais se concentram na região do Serengeti e da Cratera Ngorongoro, na Tanzânia..

Abril a Maio e Junho – Com o fim das chuvas na região, os animais começam a migrar rumo norte através do corredor de Grumeti, para o Quenia..

Junho a Julho/Agosto – Começam a chegar na região de Masai Mara, no Quenia.

Agosto a Novembro – Permanecem em Masai Mara até o mês de Novembro. Iniciam-se as chuvas no sul. Os animais começam a migrar para a Tanzânia.

pontilhado

ALGUMAS RECOMENDAÇÕES INDISPENSÁVEIS:

Bagagem – Uma mala e uma maleta de mão é o ideal e ambas não devem pesar mais de 15 quilos para os vôos domésticos na África e 12 quilos quando envolvem vôos em pequenos aviões. O peso de filmadoras, máquinas fotográficas etc… devem ser consideradas no cálculo dos pesos recomendados.

Crianças – Alguns lodges não aceitam crianças menores de 12 anos. Nesse caso opte para os safáris familiares sugeridos em nossas programações.

Vestuário – Escolha as mais informais e confortáveis possíveis.

Câmbio – Traveller cheques de dólar americano e libra esterlina são os mais recomendáveis, assim como os cartões de crédito internacionais.

Vacinas – Previna-se com o certificado internacional de Febre Amarela e consulte seu médico com medicamentos preventivos contra a malária, antes de seu embarque no Brasil.

Linguagem – Todos os safáris regulares são operados com ranger e guias na língua inglesa. No entanto pode-se reservar rangers em outras línguas com pagamento adicional e em viagens privadas para individuais e grupos..

Vistos – O visto para a Tanzania é obtido a chegada no país com a documentação abaixo com taxa de US$ 50,00 por pessoa. Para o Quenia o  visto pode deve ser solicitado no Brasil: passaporte com validade superior a 6 meses, 2 fotos 3/ 4 recentes, formulário preenchido e assinado, print da reserva aérea.

pontilhado

ACOMODAÇÕES NOS SAFÁRIS

Algumas das mais luxuosas acomodações são encontradas nos lodges do continente africano.  Mas existem outras opções de safáris como hospedagem em tendas.

pontilhado

PRINCIPAIS PARQUES NACIONAIS E RESERVAS ANIMAIS DO QUÊNIA

AMBOSELI – É uma das mais populares reservas do país e considerada uma verdadeira gema. Com seus 392 km2., formando parte de um enorme eco-sistema, o parque esta localizado nos pés do Monte Kilimanjaro, a montanha mais alta do continente africano.

LAGO NAKURU – É o mais famoso lago do Vale Rift e tem 62 km2. É notória a quantidade de pássaros que habitam as suas margens, especialmente os flamingos vermelhos.

LAGO VICTORIA É o segundo maior lago de água doce do mundo e cobre uma área de 70 mil km2. É um dos abastecedores do famoso Rio Nilo. A vida as suas margens permanece a mesma através dos séculos: a indústria da pesca é a maior atividade da região, cuja cultura é fascinante, um belo povo e um cenário espetacular.

MASAI MARA – Essa famosa reserva disputa com a reserva de Serengueti na Tanzânia, a fama de mais famosa reserva animal do planeta. Mas as duas se completam com o fenômeno anual da migração animal entre os 2 países.

SAMBURU – Situada ao norte do Monte Kenya, essa reserva tem uma área total de 535 km2.

Banhada pelo rio Ewaso Ngiro, é considerada uma região baixa, quente, árida e seca.

pontilhado

PRINCIPAIS PARQUES NACIONAIS E RESERVAS ANIMAIS DA TANZÂNIA

KATAVI – Com seus 4.500 quilômetros quadrados de área, é o 3º. maior parque do país. É uma área remota e selvagem. Fecha a visitação pública durante o período das chuvas.

LAKE MANYARA – Localizado a este do Vale Rift. Da área total da reserva de 330 quilômetros quadrados, o lago Manyara ocupa 230 quilômetros quadrados. Fora a flora extraordinária, a quantidade de mamíferos, cerca de 400 espécies de aves habitam a região. Safári de canoa é uma das opções.

MONTE KILIMANJARO – Sua altitude máxima é o Pico Uhuru com 5.895 m. A região é habitada por elefantes, búfalos, leopardos e uma grande variedade de antílopes.

CRATERA DE NGORONGORO – Circundada por florestas virgens, a cratera de Ngorongoro é um anfiteatro natural de 260 quilômetros quadrados de área. È impossível descrever a magnitude dessa caldeira de 2.5 milhões de anos, que possui uma quantidade e variedade de animais impressionante.

SERENGETI – Em seus 14.700 km2. de área com savanas, montanhas, rios e florestas, Serengueti é a mais famosa área de conservação do mundo. Serengeti significa “planície sem fim que caminha para o céu”. É um dos cenários da extraordinária migração de animais que ocorre 2 vezes ao ano. Essa movimentação de animas nunca para. Até o final das chuvas de Novembro, ocupam as área de Serengeti e Ngorongoro. Após o nascimento dos filhotes, milhões de animais iniciam a marcha para a reserva de Masai Mara no Quênia onde chegam entre Junho e Agosto. Então iniciam o caminho de volta entre Outubro e Novembro, quando as chuvas voltam a cair nas reservas animais da Tanzânia.

TARANGIRE – Tem uma área de 2.600 km2. e esta localizado a apenas 100 kms da cidade de Arusha, um dos portões de entrada do país. A época ideal para visitar essa reserva é na estação seca (Junho a Outubro e Dezembro a Março) quando milhões de animais se deslocam para a região, para o consumo de água no rio Tarangire.

pontilhado

MELHORES PERÍODOS DO ANO PARA VISITAR QUÊNIA E TANZÂNIA

Durante as estações secas que vão de Janeiro a Março e de Julho a Outubro. Devido a escassez de água, os animais tendem a se concentrar em volta dos bebedouros, facilitando a visão dos mesmos.